29 de jun de 2011

O FEMINISMO NO PORTAL R7

MATERIA DO R7

Muitas pessoas observaram que os muros da CPTM em São Paulo já não estão cinza como de costume. E muita gente vê além do colorido e percebe o que aquela manifestação artística está tentando levantar questões vitais para a quebra da opressão. Nisso algumas pessoas nos mandaram emails, centenas de pessoas nós conversamos exatamente no momento que pitávamos e outras entraram em contato conosco, uma dessas pessoas foi Rodson Baldan (estagiário do portal R7) que viu a importância de divulgar a denúncia nos muros.
E eis a importância desta postagem, pois dentro de uma mídia que é geralmente machista, que mostra o feminismo com o estereótipo de “mulheres loucas e histéricas”, sai uma reportagem que apresenta o feminismo com suas bases ideológicas fundamentais: a libertação de toda a humanidade. Os murais “Não queremos flores, queremos justiça” e os nomes de Eliza Samúdio, Sandra Gomide e Mércia Nakashima foram nossa base de manifestação artística. A idéia é a denuncia, a provocação, a atenção e, principalmente, tornar públicas questões que são tão “privadas”, como as violências de gênero.
Não queremos fama de exóticas ou de “pintoras rebeldes”, até porque essa tal “fama” é uma ferramenta incrível para deslegitimar toda a luta e isso é o que acontece com o graffiti e outras manifestações políticas. Graffiti não deve ser decoração da cidade de São Paulo e o feminismo nunca esteve morto. O conceito fundamental e subversivo de ser Maçã Podre é difundir ideias de superação e rompimento com o machismo em seu mais elevado nível.
Agradecemos a todas as pessoas que fizeram deste blog um espaço feminista respeitado, agradecemos a Arttemia por ter nos avisado da publicação da matéria e a todas as feministas.
...E que venha a Revolução.
GRIF MAÇÃS PODRES

3 comentários:

aisnet disse...

Estimadas hermanas : hemos añadido el acceso a vuestro blog desde el nuestro de http://heroinas.blogspot.com/ para que podamos compartir preocupaciones , acciones y éxitos . Abrazos desde España . Hortensia , heroinas@hotmail.es

estela_ disse...

Olá!
Moro perto da barra funda e faz tempo que passo lá, olho o graffiti e lembro do trabalho de vocês. Hoje me linkaram no twitter essa matéria do r7, e qual não foi minha supresa ao saber que o muro era mesmo de vocês!
Parabéns pelo trabalho! É maravilhoso.
Queria saber se vocês tem algum e-mail para que possamos entrar em contato, eu tenho um muro aqui em casa que ia adorar conhece-l@s.
Saudações!

Maçãs Podres disse...

Estela_
Passa seu email ou nos mande um (nucleogenerosb@gmail.com)
para podermos entrar em contato e ver o q seria possível fazer.

Valeu os elogios e saudações feministas.